« Junho 2016 »
Junho
SeTeQuQuSeSaDo
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930
 

República Dominicana

 

República Dominicana

 

 

  •  Recomendação de viagem

 

  • Informações básicas
  • Comunidade brasileira e principais destinos
  • Entrada no país
  • Permanência no país
  • Segurança
  • Saúde
  • Transportes
  • Planejamento de viagens
  • Costumes locais e legislações específicas
  • Informações adicionais

 

1. REQUISITOS DE ENTRADA

Turista brasileiro não necessita de visto para ingressar na República Dominicana.

O único requisito para a entrada no país é a compra de uma "tarjeta turismo", vendida nos aeroportos por US$ 10,00. A referida "tarjeta" permite ao viajante uma estada de 30 dias no país.

Tal prazo pode ser prorrogado por mais 90 dias, desde que o interessado se apresente à Direção de Migração antes da expiração da permanência autorizada e pague uma taxa de prorrogação no valor atual de RD$ 600,00 (cerca de US$ 16,00).

Para maiores informações, recomenda-se visita ao site da Migração do país:

 

www.migracion.gov.do

2. REQUISITOS PARA A PERMANÊNCIA

Não há necessidade de registro na polícia após a chegada no país.

Se o visitante permanecer no território dominicano além do prazo permitido, o viajante deverá pagar multa, ao deixar o território dominicano.

3. ALERTAS AOS VIAJANTES 

Trânsito
Infrações no trânsito são punidas com rigor, incluindo-se a detenção do infrator dependendo da gravidade do fato.

Catástrofes naturais

Na República Dominicana, há uma temporada de furacões, no período de junho a novembro. Felizmente, nos últimos anos, não têm ocorrido muitos furacões violentos no país. No entanto, nas ocasiões de intensas chuvas, muitas ruas de São Domingos e outras cidades ficam inundadas e não é recomendável circular pelas estradas do país. Algumas em mau estado de conservação.
Depois do terremoto de 12 de janeiro de 2010 no vizinho Haiti, constata-se uma maior preocupação na República Dominicana com os abalos telúricos. O país praticamente não foi atingido pelo movimento sísmico em Porto Príncipe, mas a catástrofe deixou uma sensação de medo e apreensão, sobretudo na zona fronteiriça.


Saúde

Os maiores riscos à saúde do viajante são as epidemias de dengue. Com a proliferação de mosquitos em São Domingos, capital do país, e em outras cidades, recomenda-se o uso de repelentes.


Segurança

Os índices de criminalidade têm aumentado consideravelmente nos últimos anos, em razão das atividades ligadas ao narcotráfico. Desaconselha-se, desse modo, a circulação em zonas periféricas das cidades e em locais reconhecidamente perigosos.


Turismo sexual

Apesar dos esforços das autoridades dominicanas no sentido de coibir a prática dessa atividade, ainda se verificam muitos casos de turismo sexual no país.

 

Ações do documento